Profissões obsoletas tentam resistir à tecnologia

A tecnologia tem ameaçado o emprego de milhões de pessoas ao redor do mundo. Segundo um estudo da consultoria McKinsey, de 2017, 53,7 milhões de postos de trabalhos pode sem substituídos por robôs no Brasil.

O que parece futuro distante já é realidade. Em janeiro, o presidente Michel Temer decretou a extinção de mais de 60 mil vagas no funcionalismo, mirando funções obsoletas como datilógrafos, digitadores e auxiliares.

A Agência France Presse rodou o mundo para retratar profissões que resistem, por enquanto, à extinção.

As dez profissões mais ameaçadas por robôs, segundo estudo da Universidade de Oxford

1 Telemarketing
2 Costureiras manuais
3 Vendedor de seguros
4 Relojoeiro
5 Agente de aduana
6 Contador
7 Revelador fotográfico
8 Bibliotecário
9 Digitadores
10 Gerente de contas

fonte: folha.uol.com.br

Translate »